Pós-graduação em Auditoria, Gestão da Qualidade, Gerenciamento de Riscos e Compliance em Saúde

Valores e Condições

Solicite agora mais informações
e valores do curso

Módulo 1. Ética, Bioética e Legislação aplicada à Auditoria e aos negócios

Evolução cronológica e conceitual. A importância do conhecimento do paradigma sistêmico. Conceitos de Ética e Bioética, Stakeholders/ Partes Interessadas, Transparência, Governança Corporativa e Responsabilidade Social. Prontuário do paciente. Implicações éticas do Termo de Consentimento. Legislações de categoriais profissionais relacionadas à temática. Princípios éticos e profissionais. Perfis e competências profissionais do auditor. Responsabilidade civil do profissional de saúde. Normas éticas de auditoria. Normas éticas relacionadas à segurança do paciente.

Módulo 2. Sistema Único de Saúde

Sistema de Saúde, Visão Geral e Modelos de Gestão e Gerenciamento Sistema Único de Saúde

SUS e das políticas públicas de saúde, histórico da reforma sanitária e do SUS, as políticas públicas de saúde atuais, planejamento, regionalização, interdisciplinaridade, intersetorialidade, acolhimento, políticas de saúde em alta complexidade. O Sistema Único de Saúde do Brasil e sua abrangência na vida de todos os brasileiros; Conceitos básicos do SUS em linhas gerais seus princípios organizativos e doutrinários. O processo de planejamento do SUS

Sistemas de Saúde, Visão Geral e Modelos de Gestão e Gerenciamento

• Revisitar o Sistema de Saúde a partir do conhecimento prévio do aluno, resgatando o contexto Histórico e Demográfico, transitando pela Saúde Suplementar e demais Sistemas de Saúde no Mundo, apresentando as mudanças e tendências.

• Lições aprendidas da evolução histórica do Sistema; Gestão Estratégica; Integridade e Segurança de dados; Comportamento Organizacional; Relacionamento, Comunicação e Humanização na Saúde.

Módulo 3. Fundamentos e técnicas de Auditoria do Sistema Público de Saúde

Especificidades das ações de controle, avaliação e auditoria. Sistema Nacional de Auditoria. Departamento Nacional de Auditoria do SUS. Legislações. Política Nacional de Gestão Estratégica e Participativa no SUS (Participa SUS). Plano de trabalho e papéis de auditoria. Fases analítica e operativa. Evidências, constatações e fontes de evidência, relatórios de auditoria – utilização de matrizes, SISAUD/SUS, notificação de responsáveis, apresentação de justificativas, encerramento de auditoria, encaminhamentos e acompanhamentos das recomendações. Termo de Ajuste Sanitário (TAS). Ressarcimento ao Fundo Nacional de Saúde. Introdução aos principais Sistemas de Informação em Saúde. Auditoria e controle da qualidade dos Sistemas de Informação em Saúde. Política Nacional de Atenção Hospitalar. Sistema de Auditoria em Contratos e Convênios. Normas de credenciamento e habilitação de serviços de saúde. Pactuações em saúde (serviços próprios e contratualizados ao SUS). Critérios e parâmetros para o planejamento e programação de ações e serviços de saúde no âmbito do SUS. Parcerias Público Privadas.

Módulo 4. Fundamentos e técnicas de Auditoria do Sistema Privado/ Saúde Suplementar

Regulação da Agência Nacional de Saúde Suplementar. Conceito e tipos de planos (Lei 9.656/ 1998). Principais legislações/ normativas e regras de auditoria. Manuais de regras técnicas. Composição de uma conta hospitalar/ custos hospitalares. Regras de cobrança. Importância do faturamento. Redefinição de coberturas – Rol de Procedimentos. Introdução às ferramentas de auditoria. Rol de procedimentos e eventos em saúde. Padrão TISS/ TUSS. TUNEP. Compartilhamento de risco/ pacotes. Definição de diárias e taxas. Contratos e índice de reajuste (RN correspondentes): regras de negociações entre prestadores e operadoras de planos de saúde; dimensionamento da rede credenciada; instrumentos e regras de credenciamento/vistoria; importância do CNES. Moderadores de utilização: estabelecimento de regras e diretrizes. Glosas: definição. Ressarcimento ao SUS.

Módulo 5. O Processo de Auditoria e suas vertentes

Histórico da auditoria. Conceito de auditoria em saúde. O sistema de saúde brasileiro e a auditoria: público e privado. Principais regulamentações (Agência Nacional de Saúde – ANS e Sistema Nacional de Auditoria – SNA) – Lei n. 9.656/1998; Lei n. 9.961/2000; Lei n. 8.689/1993; Decreto n. 1.651/1995; entre outras. Auditoria nos Sistemas de Saúde e o mercado de trabalho. Auditoria e suas categorias profissionais/ multidisciplinaridade - normatizações. Diretrizes, finalidades, formas de operacionalização, tipos e natureza da auditoria. Processos de trabalho da auditoria. Contextualização e aplicabilidade das etapas e fases da auditoria - Auditoria Interna e Externa; Pré Auditoria ou Prospectiva; Per Auditoria ou Concorrente; Pós - Auditoria ou Retrospectiva; Auditoria Analítica e Operativa. Impactos da qualidade dos registros da assistência prestada pela equipe multiprofissional. Auditoria e os indicadores assistenciais.

Módulo 6. Governança Corporativa, Auditoria e Compliance

A governança corporativa pode ser definida como “o sistema pelo qual as empresas e demais organizações são dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo os relacionamentos entre sócios, conselho de administração, diretoria, órgãos de regulatórios. A auditoria é uma avaliação cuidadosa e sistemática das atividades desenvolvidas dentro de uma empresa ou órgão. O principal objetivo dessa operação é entender se os processos estão sendo desenvolvidos de acordo com o esperado em sua concepção. O compliance é o ato de estar em conformidade com determinadas às leis, normas e regras. Pode ser tanto em relação às leis federais ou às políticas corporativas. Nas empresas, sua aplicação trata-se basicamente de estar em conformidade com os regulamentos, diretrizes e, claro, leis que regem sua atuação.

Módulo 7. Gestão da Qualidade em Saúde e modelos de melhoria/ Gerenciamento do Ambiente Hospitalar

Possibilidades do planejamento como instrumento de mudança organizacional. Missão Institucional. Filosofias Empresariais. Análise dos Ambientes: Externo e Interno. As principais variáveis de análise em Marketing. Planejamento do trabalho e gestão estratégica competitiva. Avaliação e gestão de risco em organizações de saúde. Diferenciação dos níveis de planejamento: estratégico, tático e operacional. Planejamento estratégico. Controle da Qualidade na Saúde. Métodos e as ferramentas gerenciais/ de qualidade: Fluxograma, Diagrama de causa-efeito - Ishikawa (Espinha de Peixe), Folha de Verificação, Diagrama de Pareto, Histograma, Diagrama de Dispersão, Controle Estatístico de Processo (CEP), Cartas de Controle, Brainstorming, Benchmarking, SWOT/FOFA, 5W2H, 5S e Ciclo PDCA. Mapeamento de processos e macroprocessos, processo de avaliação, análise e a elaboração de planos de melhoria (Ferramenta de Avaliação, Monitoramento e Controle). Avaliação de desempenho do sistema de saúde brasileiro: indicadores para monitoramento de saúde – estrutura, processo e resultado, além de indicadores epidemiológicos.

Métodos e técnicas em Gestão da Qualidade aplicada ao negócio e às organizações de saúde, modelos de melhoria e Planejamento e Gestão Estratégica

Aspectos básicos da Qualidade: ciclo PDCA, métodos de prevenção e solução de problemas: MASP, FMEA, FTA e 6 Sigma; Técnicas gerenciais: brainstorming, gráfico de pareto, lista de verificação, estratificação, histograma, gráfico de dispersão, cartas de controle, plano de ação, gráfico de Gantt, SETFI, GUT, matriz de contingências; Normalização: normalização internacional, nacional e de empresas; normas básicas; elaboração de normas técnicas e especificações; aspectos básicos da qualidade industrial; análise da qualidade; normas básicas para planos de amostragem e seus guias de utilização; os critérios de excelência e os prêmios regionais e nacionais. Conceito de estratégia. Tipos de estratégia. Os limites da Administração estratégica. Sistema de Administração estratégica. Diagnóstico estratégico. Os tipos da Administração estratégica. Técnicas para planejamento Estratégico.

Módulo 8. Auditoria Interna e Autoavaliação nas Instituições de Saúde

Auditoria interna de processos (contexto do prestador e da operadora/ gestor). Avaliação em Saúde. Avaliação da qualidade da prestação de serviços de saúde: aspectos conceituais e metodológicos. Momentos do Processo Auto avaliativo. Notificação para ações corretivas. Programa Nacional de Avaliação dos Serviços de Saúde (PNASS). Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB). Programa de Qualificação de Operadoras da Agência Nacional de Saúde Suplementar: avaliação de desempenho das operadoras, dimensões do Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS). Pesquisa de satisfação de usuários. Acreditação/ Certificação: aplicabilidade e impactos na auditoria interna de sistemas de saúde. Contratualização e regras de negócio: visão e relação do prestador e gestor/ operadora. Aplicação dos roteiros de visitas de credenciamento pelo próprio prestador de forma a se adequar às normativas. Utilização das notificações feitas pelas operadoras para fins de nortear as ações corretivas. Promoção da Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças: criação de programas e acompanhamento, monitoramento e manutenção de programas. Desospitalização e transição do modelo de cuidado. Inovações Tecnológicas e Gestão da Competitividade de Serviços de Saúde. Auditoria interna e educação continuada/ permanente.

• Gestão de Custos: Custeio Variável; Margem de Contribuição; Formação de Preços;

• Contabilidade Gerencial: Custos e Despesas; Custeio por Absorção; Material Direto; Mão de Obra Direta;

• Custo Indireto de Fabricação e Rateios, Rateio com e sem Departamentalização;

• Gerenciamento Financeiro: Balanço, Demonstração do Resultado do Exercício (DRE).

Módulo 9. Gestão e Informática nos Sistemas de Saúde

Sistema de Saúde Brasileiro

Contexto Histórico e Demográfico

Sistema Único de Saúde

Saúde Suplementar

Sistemas de Saúde no Mundo

Mudanças e Tendências no Sistema de Saúde

Lições aprendidas da evolução histórica do Sistema

Gestão Estratégica

Transformação Digital

Informática em Saúde

Tecnologias aplicadas à Gestão em Saúde com foco na Auditoria

Prontuário e Digitalização

LGPD

Integridade e Segurança de dados

Módulo 10. Auditoria e Faturamento / Análise de contas hospitalares: a prática da Saúde Suplementar

Auditoria em procedimentos ambulatoriais e contas hospitalares na saúde suplementar: processo de trabalho/ rotinas. Parâmetros do Contrato entre as partes e do Rol da ANS vigente / Aplicação prática do Padrão TISS, principalmente no Preenchimento das Guias / Tabela CBHPM: instruções gerais, forma de remuneração: portes de procedimentos, portes anestésicos e UCO / Apresentação e manuseio das tabelas de remuneração mais utilizadas: tabelas próprias, Brasíndice e Simpro. Principais insumos que compõem a conta: Diárias e Taxas (sala –equipamentos - serviços); gasoterapia; materiais e medicamentos (genérico e de marca, estabilidade, cálculos de dose, etc.); OPME; noções de construção de Pacotes. Problemas mais comuns detectados na auditoria de contas e notificação à parte contrária para ações corretivas. Estratégias para redução de glosa. Contra auditoria/ recursos de glosa. Importância do Manual de Regras Técnicas tanto do lado do hospital como da operadora: conceitos, itens inclusos e não inclusos em diárias e taxas, uniformização de regras de negócio com detalhamento para os principais insumos, especialmente taxas, materiais e medicamentos.

Análise de contas hospitalares da Saúde Suplementar e sua relação com as glosas e recursos de glosas/ contra auditoria. Processo/fluxo prático de auditoria e faturamento de contas hospitalares. Tabelas utilizadas pelos auditores (abordadas na disciplina “Auditoria e Faturamento da Saúde Suplementar”). A prática da utilização dos Sistemas de Informação em Saúde relacionados à temática. Simulação realística.

Módulo 11. Auditoria e Faturamento / Análise de contas hospitalares: a prática no Sistema Único de Saúde

Auditoria em procedimentos ambulatoriais e contas hospitalares. Fase analítica e operativa. Sistema de Captação, Processamento e Relatórios dos Sistemas de Informação Ambulatorial (SIA/SUS) e Hospitalar (SIH/SUS). CMD – Conjunto Mínimo de Dados: suas etapas de implantação e mudanças no processo. Estrutura do CNES e SIGTAP/ RTS. Importância do Sistema de Regulação/ SISREG. 10 Instrumentos de registro do SIA/SUS – BPA-C; BPA-I; RASS e APAC. Instrumentos de registro do SIH/SUS: AIH (principal, especial e secundário). Especificidades dos Manuais Operacionais. Mudança de procedimento, emissão de nova AIH na mesma internação, procedimentos múltiplos, sequencias e politraumatizados, registro de diárias, CID x procedimento e procedimento x quantidade máxima, compatibilidades, validade da APAC, entre outros. Profissional solicitante, autorizador, executante e auditor: fluxo, rotinas e principais dilemas. Fluxo do processamento (sistemática e relatório de consistência) e pagamentos: rejeições e bloqueios. Desafios do faturamento. Contra auditoria.

Análise de contas hospitalares do SUS e sua relação com as glosas (rejeições e bloqueios) e recursos de glosas/ contra auditoria. Processo/fluxo prático de auditoria e faturamento de contas hospitalares (assistências ambulatorial e hospitalar no SUS). Contexto prático da utilização dos Sistemas de Informação em Saúde relacionados à temática. Simulação realística.

Módulo 12. Economia, Orçamento, Contabilidade Gerencial e Gestão de Custos aplicada ao negócio

A construção da economia da saúde no Brasil. Regulação econômica no SUS e na Saúde Suplementar e políticas públicas relacionadas. Igualdade e equidade em saúde. Economia da saúde e desenvolvimento. Fundamentos de avaliação econômica em saúde e modelos de estudo. Introdução à economia industrial. Avaliação econômica em saúde como suporte ao processo de tomada de decisões para a gestão de tecnologias sanitárias. Intervenções governamentais no campo da economia da saúde. A análise do mercado de saúde no contexto do complexo industrial em saúde - dinâmica de mercado. Gestão de recursos financeiros em sistemas e serviços de saúde. Contabilidade gerencial. Gestão de custos em saúde: conceitos e métodos de apuração. Planejamento e controle de custos. Tipos de custos existentes nas empresas de saúde. O cenário da auditoria no Brasil e sua ligação aos processos de validação de orçamento e investimentos em saúde. Controladoria a curto, médio e longo prazo. Tendências tecnológicas na saúde. Documentação pertinente a todo tipo de contratação. Indicadores e índices em saúde. Equilíbrio custo/benefício; orçamento e investimentos em saúde; e tomada de decisão.

Módulo 13. Auditoria em áreas e procedimentos de alta complexidade e alto custo Avaliação de Tecnologias em Saúde. CONITEC. Protocolos/ Diretrizes/ Evidências

Legislação aplicável aos materiais de alto custo. Gestão de OPME/ DMI – Boas práticas: informações econômicas de produtos para saúde; ANVISA – consultas de produtos para a saúde, rótulos, informações sobre registro e instruções de uso dos produtos para saúde, consulta de banco de dados, NOTIVISA; OPME x procedimento; e controle/ rastreabilidade. Principais serviços e assistências de alta complexidade, em especial Unidades de Terapia Intensiva, Unidades de Cuidados Intermediários, Oncologia, Neurocirurgia, Traumato-ortopedia, Diálise/ Terapia Renal Substitutiva, Cardiovascular/ Hemodinâmica, Terapia Nutricional e Transplantes. Gerenciamento de casos e medicamentos de alto custo – assistência farmacêutica. Judicialização da Saúde. Fatores geradores de glosa. Ações para a redução da glosa.

Módulo 14. Competências e Habilidades de Liderança e Gestão de Pessoas

• Liderança, Gestão de Equipes de Alta Performance e Comunicação

• Competências, Habilidades e Atitudes do Líder do Futuro

• Liderar a si mesmo | Autoconhecimento, assessment e devolutiva

• Pipeline da liderança

• Influência e autoridade

• Comunicação e feedback

• Gestão de Conflitos

• Técnicas de Negociação

• Gestão de Crise e Liderança na Complexidade

• Estratégias de desenvolvimento on the job

• Plano de Desenvolvimento Individual: Modelo de Aprendizagem 70/20/10

Módulo 15. Gerenciamento de Riscos em negócios e Controle Interno / Gestão e Segurança do Paciente

• Gerenciamento do Ambiente Hospitalar

• Segurança do Paciente

• Mapeamento de Risco Proativo

• Ferramentas, Mapeamento de Processos da Gestão de Risco e Segurança do Paciente

• Risco Reativo, notificação e Tratativa de Eventos, EAG e Disclosure

• Monitoramento do Sistema de Segurança

• Gerenciamento de Doenças e Elaboração Protocolos

• Gestão por Projetos

• Modelos de melhoria.

• Riscos Hospitalares: Pessoas; Processos; Tecnologias;

• Metas Internacionais de Segurança do Paciente;

• Programa de Segurança do Paciente;

• Gestão da Segurança no Trabalho em Saúde.

• Implantação dos Protocolos de Segurança do Paciente;

• Integração e Articulação da Equipe Multiprofissional;

• Comunicação de Risco;

• Promoção de Ações para Gestão dos Riscos;

• Identificação e Avaliação das Não Conformidades;

• Rastreabilidade e Segurança do Paciente;

• NR32- Segurança do Trabalho em Saúde;

Enfoques dos controles internos de gestão: controles de ações, de resultados e culturais. Atividades e práticas de controle interno: três linhas de defesa, segregação de funções, questionários de avaliação, fluxogramas e checklists. A racionalização do controle interno com base na gestão de riscos: o modelo COSO.

Módulo 16. Gestão de Processos Internos / Contabilidade para não contadores

CONTABILIDADE GERAL

1. Os Principais Relatórios Contábeis

2. Princípios Básicos da Contabilidade

3. Contabilidade por Balanços Sucessivos

4. Contabilização das Operações

5. Operações com Mercadorias

6. Ajustes para Apuração do Resultado

7. Demonstrações Financeiras (BP, DRE, DMPL, DOAR, N.E.)

AUDITORIA

1. Diferenças entre AI, AE, Perícia e Fiscalização.

2. Atuação da auditoria interna e os principais fatores que afetaram seu campo de trabalho.

3. Alinhamento dos trabalhos de auditoria interna com a alta administração e com o Conselho Fiscal.

4. Abordagem sobre Sistema de Informação Gerencial/Contábil e Controle Interno

5. Planejamento e Análise de Risco

6. Testes de Auditoria

7. Amostragem Estatística

Módulo 17. Pessoas, Organizações e Felicidade

Qualidade de vida. O que é viver para mim? Felicidade, como? É possível? Relações entre autoconhecimento e felicidade. O processo de introspecção como recurso à autossugestão. A condição em se oportunizar para o exame e análise de todas as variáveis da vida. A complexidade, diversidade e incompletude humana, como lidar com essas características? A prerrogativa da interdependência, porque precisamos do outro, qual a parcela do outro em nosso processo de autoconstrução. Ambiências geradoras de felicidade. A lei do triunfo como instrumento direcionador à felicidade e a plenitude humana.

Módulo 18. Práticas/ Visita Técnica I e II

Proporcionar troca de experiências profissionais por meio da realização de visita técnica, previamente agendada e autorizada, em instituição (ões) pública e privada com destaque no mercado de trabalho, para fins de compreensão dos processos de trabalho da Auditoria, Gestão da Qualidade, Gerenciamento de Riscos, aos negócios e nos Serviços de Saúde.

Objetivo:

Proporcionar troca de experiências profissionais por meio da realização de visita técnica, previamente agendada e autorizada, em instituição (ões) pública e privada com destaque no mercado de trabalho, para fins de compreensão dos processos de trabalho da Auditoria e Gestão da Qualidade nos Serviços de Saúde. Apresentação das atividades do curso

Atividades avaliativas do curso: apresentação no formato banner e entrega de portfólio.

No intuito de atender as expectativas do mercado de trabalho e as normativas existentes, a Faculdade NOVOESTE preocupou-se em ofertar o curso de Especialização em Auditoria, Gestão da Qualidade, Gerenciamento de Riscos Compliance em Saúde, de modo a qualificar em alto grau de excelência os profissionais com diploma de nível superior, conectados direta ou indiretamente no setor da auditoria e os já inseridos ou que irão atuar nas áreas de gestão da qualidade, gestão de riscos e compliance, de modo a prepará-los para os processos de trabalho, tanto na Saúde Pública/ Sistema Único de Saúde como na Saúde Suplementar/ Sistema Privado, bem como para suas peculiaridades, sobretudo frente aos desafios impostos à gestão em saúde.

O curso desenvolve noções de técnicas, com o objetivo de potencializar a sua contribuição em decisões gerenciais e qualificá-lo para atuar com completa compreensão sobre auditoria, gestão da qualidade, gestão de riscos e compliance, execução e controle organizacional.

Esse curso aborda o contexto da Auditoria, Gestão de Qualidade, Gestão de Riscos e Compliance, oferecendo ferramentas para que o gestor possa direcionar e ser capaz de tomar decisões estratégicas visando aprofundamento nos diversos seguimentos da auditoria, como foco principal em transparência em informações por meio de sua opinião sobre todas as operações que podem influenciar a organização em sua estrutura como um todo.

Desse modo, o referido curso foi projetado e discutido por profissionais renomados e já inseridos neste contexto, no intuito de contemplar todos os anseios e rotinas de trabalho, além das normativas existentes.

Ademais, durante as disciplinas a serem ministradas estão previstas simulações realísticas, além de visita técnica em instituição (ões) de destaque no Estado, a fim de garantir a aproximação dos alunos com a prática profissional.

Destaca-se que o curso atende os requisitos da Resolução CNE/CES/MEC n. 1, de 06 de abril de 2018, assim como a LDBEN nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996.

Durante esta pós, o aluno desenvolverá competências em temas como gerenciamento de riscos, gestão da qualidade, compliance, certificações , auditorias na área da saúde; negócios, empresas, contábil, financeiro; políticas públicas, modelos de melhoria; saúde baseada em valor; sustentabilidade; gestão de pessoas, liderança situacional, influência e autoridade; gestão de projetos em saúde; gestão e gerenciamento de processos em saúde; gestão financeira em saúde; melhoria contínua em projetos (Lean Six Sigma) e cuidado centrado na pessoa e inclusão dos pacientes nos processos de melhoria.

DESCRIÇÃO DAS AULAS PRÁTICAS DA PÓS-GRADUAÇÃO

Serão cinco áreas as quais os alunos estarão vivenciando na prática o conteúdo ministrado durante os módulos. São eles:

✔ Gestão de Qualidade;

✔ Gerenciamento de risco – Núcleo de Segurança do Paciente;

✔ Auditoria aos Serviços de Saúde;

✔ Compliance;

✔ Gerenciamento de Projetos, Processos e Negócios.

Módulos que serão aplicadas os encontros práticos:

✔ Serão realizados no 17º módulo, sendo que a proposta do trabalho (solução do problema/apresentação das atividades) será realizada no 18º módulo.

Locais dos encontros Práticos:

✔ Os encontros serão realizados em 3 instituições de Campo Grande/MS: Operadoras de Planos de Saúde Suplementar, Associação Beneficente Santa Casa de Campo Grande e Empresa de Home Care.

Desenvolvimento:

✔ Os alunos serão separados em cinco grupos e cada um terá o seu tutor. Cada tutor será responsável em elaborar um “problema” que será lançada aos alunos e eles terão que buscar por soluções para os mesmos, contemplando as ferramentas que fizeram parte do processo teórico de aprendizagem.

OBJETIVOS DO CURSO

- Qualificar em alto grau de excelência os profissionais de modo a prepará-los para os processos de trabalho, tanto na rede pública como na rede privada , bem como para suas peculiaridades.

- Viabilizar aos estudantes estudo e discussão dos princípios teórico-práticos que norteiam a Gestão da Qualidade e Segurança do Paciente, Gerenciamento de riscos , compliance, traduzindo o compromisso do especialista como agente da mudança, por meio da aplicabilidade prática.

- Proporcionar visitas técnicas destinadas a efetuar análise situacional e recomendações sustentáveis para um trabalho de excelência.

PÚBLICO - ALVO

A Pós-graduação é voltada para profissionais com diploma de curso superior, das áreas de saúde, negócios, gestão, administração e áreas afins, que atuam ou desejam atuar na área de auditoria e/ou ampliar seus conhecimentos para outras áreas.

Regina Pereira Mazzi

Regina Pereira Mazzi

Doutora em Desenvolvimento Local/2021 pela Universidade Católica Dom Bosco/UCDB/Bolsista UCDB Excelência. Mestre em Desenvolvimento Local em Contexto de Territorialidades pela Universidade Católica Dom Bosco/UCDB/Bolsista CAPES. Especialista em Administração Hospitalar; Possui Formação Pedagógica na Área da Saúde; Pós Graduada em Enfermagem do Trabalho; Especialista em Atenção Básica e Saúde da Família; Especialista em Oncologia e Cuidados Paliativos; Pós Graduação em Micropolítica da Gestão e Trabalho em Saúde; MBA em Auditoria, Acreditação e Gestão da Qualidade Aos Serviços de Saúde; MBA Gestão em Saúde e Controle de Infecção. Cursando Pós Graduação em Enfermagem na Saúde Pública com ênfase em Vigilância em Saúde. Graduando do Curso de Administração; Tutora nos Cursos de Pós Graduação em Gestão Pública e Hospitalar na UFMS, através da EAD/ENSP/FIOCRUZ; Com experiência na docência na área da saúde e na Gestão de pessoas e Gestão Hospitalar; Atuou na Atenção Básica; Coordenou Programas Pioneiros no Mato Grosso do Sul, como: Serviço de Atenção Domiciliar e Núcleo de Cuidados Paliativos do Hospital de Câncer de Campo Grande/MS, tendo participado da elaboração dos referidos projetos, entre outros de destaque .Trabalhou na Coordenação de Enfermagem e na Projetos do Hospital de Câncer de Campo Grande/MS; Docente nos Cursos de Pós Graduação das Faculdade Novoeste e Universidade Católica Dom Bosco em Campo Grande/MS; Participa do Grupo de Pesquisa economia criativa, aprendizagem e a solidariedade ativa na dinâmica territorial do Programa de Doutorado da UCDB. Participou da Capacitação para o Programa Telessaúde Brasil Redes Mato Grosso do Sul. Concluiu o Curso do Sistema Brasileiro de Acreditação para Avaliadores realizado pela Organização Nacional de Acreditação da ONA. Atuou como consultora e facilitadora para Acreditação e Certificação das empresas em Saúde. Participou do Projeto de Expansão do Programa Telessaúde Brasil Redes do Mato Grosso do Sul. Atuou como controladora de Infecção (CCIH) e gestão de segurança, no Hospital Cassems de Campo Grande/MS. Atuou como Gerente de Enfermagem e Diretora Administrativa Hospitalar em Campo Grande/MS. Professora de Ensino Superior da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul/UEMS, no Curso de Medicina. Trabalha na construção e implementação de projetos na Área da Saúde e da Educação; Consultora Técnica em Saúde e Gestão da Qualidade; Coordenadora de Cursos de Pós Graduação na Área da Saúde.

  • Adaiele Lucia Nogueira Vieira da Silva

    Adaiele Lucia Nogueira Vieira da Silva

    Enfermeira. Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste da UFMS. Mestrado em Enfermagem pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem da UFMS (2015). Especialização em Avaliação dos Serviços de Saúde pela Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde/ Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UAB/UFCSPA) (2015). Especialização em Enfermagem do Trabalho pela Faculdade Estadual de Educação, Ciências e Letras de Paranavaí/PR (2012). Especialização em Gestão Pública Municipal pela UFMS (2012). Qualificação para Tutor a Distância pela Universidade Federal da Grande Dourados em parceria com a Universidade Aberta do Brasil (2013). Faz parte do Grupo de pesquisa Núcleo de Estudo, Ensino e Pesquisa no Cuidar em Saúde (NEEPCS). Atua principalmente nos seguintes temas: avaliação de tecnologias, auditoria e avaliação em saúde, políticas e ações em saúde, gestão em saúde, ética profissional e bioética. Atualmente Enfermeira auditora na Associação Beneficente de Campo Grande, atuando junto à Gerência Comercial.

  • Cleuzieli Moraes dos Santos

    Cleuzieli Moraes dos Santos

    Enfermeira. Mestre em Saúde da Família pela Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul em parceria com a Fiocruz/ Mato Grosso do Sul. Possui especialização em: 1. Gestão de Políticas de Saúde Informadas por Evidências oferecidas pelo Instituto Sírio-Libanês; 2. Gestão da Clínica nas Regiões de Saúde, pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio-Libanês - IEP/HSL e o Ministério da Saúde; 3. Auditoria de Sistemas e Serviços de Saúde; e 4. Saúde Pública e Saúde da Família, as duas últimas pela Universidade Anhanguera - Uniderp. Filiada na Associação Brasileira de Enfermeiros Auditores (ABEA). Desde março/ 2018 é Enfermeira - Auditoria e Pesquisa, do quadro efetivo da Ebserh - HUMAP, de Campo Grande. Participa do grupo de pesquisa e Políticas Públicas: planejamento, avaliação e equidade em saúde da UFMS. Integra o Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar e coordena o Curso Lato Sensu de Especialização em Auditoria e Gestão da Qualidade aos Serviços de Saúde, turma 2019, da Faculdade Novoeste.

  • Deyvid Michel Oliveira de Jesus

    Deyvid Michel Oliveira de Jesus

    Bacharel em Ciências Contábeis, Especialista em Administração, Finanças e Neuromarketing. Atuou nas áreas de Administração, Financeira e Comercial, sempre com foco nos resultados e gestão de equipe, vivenciados no comércio varejista de moda, veículos, bancos e Construção Civil. Atualmente desenvolve consultorias empresariais, treinamentos, atuando também como professor nível profissionalizante e superior.

  • Diane Xavier dos Santos

    Diane Xavier dos Santos

    Mestre em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional. Especialista em Urgência e Emergência. Pós-graduanda em Qualidade, Auditoria e Segurança do paciente. Atualmente Enfermeira de Processos no Hospital Santa Casa. Docente e Multiplicadora na Escola de Saúde do Hospital Santa Casa. Tenho experiência em atendimentos adulto e pediátrico de urgência e emergência, terapia intensiva e saúde mental.

  • Glislayne Marques Martins

    Glislayne Marques Martins

    Possui Graduação em Pedagogia (2005) - Universidade Estadual do Ceará. Possui graduação em Enfermagem - Anhanguera Educacional (2012). Atualmente é Chefe do Faturamento SUS da Associação Beneficente de Campo Grande (2007). Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem no âmbito de processos, fluxos de trabalho, gestão de pessoas, bem como conceitos ,regras de procedimentos e cobranças SUS, ferramentas de gestão de controle e avaliação. Possui Pós Graduação em Gestão e Auditoria em Saúde Pública (2015) - UNIASSELVI (Texto informado pelo autor).

  • Helena Maria Romcy

    Helena Maria Romcy

    Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual do Ceará - UECE; Especialista em Educação Profissional na Área da Saúde Enfermagem pela Fundação Osvaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil; MESTRADO em Saúde Publica Pela Universidade Americana Assuncion Paraguay. Presidente da ABEA (Associação Brasileira dos Enfermeiros Auditores); Assessor Auditor em Saúde da Célula do Sistema Municipal e de Auditoria em Saúde da Coordenadoria de Regulação, Controle e Auditoria das Ações e Serviços de Saúde, integrante da estrutura administrativa da Secretária Municipal da Saúde de Fortaleza; Colaboradora Técnica do GT - OPME - ANS; Atuando principalmente nos seguintes temas: Negociações, Estratégicas e Relacionamentos das Boas Práticas de Saúde para Sustentabilidade do Sistema de Saúde Público e Privado nos seguimentos de DMI (OPME), Medicamentos de Alto Custo, Materiais de Consumo Hospitalares e Procedimentos médicos hospitalares, Auditoria de Faturamento de Convênios e Contas médicas Hospitalares, Auditoria Presenciais nas cirurgias de Alta Complexidade, Enfermeiro Auditor e Analista de Materiais de Alto Custo.

  • Jéssica Araújo Braga Amoras

    Jéssica Araújo Braga Amoras

    Mestre em enfermagem pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Especialista nas áreas: Auditoria e Gestão em Saúde, Auditoria de Enfermagem e Atenção Primária à Saúde na Saúde Suplementar. Atualmente é Enfermeira Gestora da Atenção Primária à Saúde da Unimed Campo Grande. Possui ampla experiência em Auditoria na Saúde Suplementar desde Autorização de Guias, OPME/DMI e Auditoria/Faturamento de contas.

  • José Ricardo Nunes da Cunha

    José Ricardo Nunes da Cunha

    Doutor em Psicologia Clínica e da Saúde pela Universidade de Santiago de Compostela (2004). Especialista em Gestão de Pessoas. Psicoterapeuta e Profissional COACH. Diretor Geral da José Ricardo Nunes da Cunha & Associados: consultoria em gestão empresarial. Atual na área de gestão empresarial; recrutamento e seleção de talentos; desenvolvimento pessoal e corporativo; planejamento estratégico, Remuneração e PCS.

  • Juliano Zelinka Rodrigues

    Juliano Zelinka Rodrigues

    Especialista em Administração Hospitalar com ênfase em Saúde Pública – pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (2010), Especialista em Finanças, Contabilidade e Controladoria – pela Universidade do Oeste Paulista de Presidente Prudente-SP (2016). Contador formado pelas Faculdades Integradas Antônio Eufrásio de Toledo de Presidente Prudente-SP (2003). Ampla experiência na área de Gestão e Implantação de Custos Hospitalares e Administração Hospitalar. Docente nos cursos de Pós Graduação nas áreas de Auditoria em serviços de saúde e Gestão Hospitalar – Faculdade Novo Oeste - Pós Graduação Campo Grande-MS. Atualmente é Docente no SENAC Polo Campo Grande–MS, Docente no Curso Técnico Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde - Educação Profissional Técnico de Nível Médio - PRONATEC/MEDIOTEC, da Secretaria de Estado de Educação do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

  • Márcia Tereza Pires Francisco

    Márcia Tereza Pires Francisco

    Administradora. Especialista em Gestão Pública pela UFMS (2012) e em Gestão Federal do SUS pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio-Libanês – IEP/HSL e o Ministério da Saúde (2015). Já atuou como Tutora a Distância pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul em parceria com a Universidade Aberta do Brasil (2013) nos cursos de especialização em Gestão Pública e Gestão Pública em Saúde (2013 a 2015). Desde maio/2010 é Administradora do quadro efetivo do Ministério da Saúde e em março/2013 passou no processo seletivo interno para compor o quadro de auditores da Seção de Auditoria do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde em Mato Grosso do Sul – SEAUD/DENASUS, atuando tanto na coordenação de equipes quanto na elaboração de relatórios de auditoria para verificar a adequação das ações e serviços públicos de saúde e a sua regularidade quanto aos aspectos técnico-científicos, contábeis, financeiros e patrimoniais da aplicação dos recursos do SUS.

  • Maria Alice de Lima

    Maria Alice de Lima

    Enfermeira graduada em Enfermagem Geral e Especializada na Área da Educação com experiência na área hospitalar, incluindo Enfermagem Assistencial e Educação Continuada, realizado na Associação Beneficente de Campo Grande (Santa Casa), onde atuou nos setores de Pediatria e Centro Cirúrgico. Atualmente exercendo a função de Enfermeira auditora na UNIMED Campo Grande - Cooperativa de Trabalhos Médicos e na FUNSERV/IMPCG.

  • Paula Cristhina Niz Xavier

    Paula Cristhina Niz Xavier

    Farmacêutica, Doutora em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, docente desde 2000. Atualmente é membro do Comitê de Ética do Conselho Regional de Farmácia. Funcionária Pública na área administrativa da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul e docente de diferentes cursos de Pós-Graduação na Faculdade Novoeste desde 2008.

  • Regina Pereira Mazzi

    Regina Pereira Mazzi

    Mestre em Desenvolvimento Local em Contexto de Territorialidades pela Universidade Católica Dom Bosco/UCDB/Bolsista Capes/2016 e Doutoranda em Desenvolvimento Local/2018, com o Título: Pessoas,Territorialidade, Saúde Coletiva e Felicidade. Especialista em Administração Hospitalar; Possui Formação Pedagógica na Área da Saúde; Pós Graduada em Enfermagem do Trabalho; Especialista em Atenção Básica e Saúde da Família; Especialista em Oncologia e Cuidados Paliativos; Pós Graduação em Micropolítica da Gestão e Trabalho em Saúde. Atua como consultora e facilitadora para Gestão , Segurança do Trabalhador, Acreditação e Certificação das empresas em Saúde, desde 2015. Participou do Projeto de Expansão do Programa Telessaúde Brasil Redes do Mato Grosso do Sul. Professora dos cursos de Pós-graduação da Faculdade NOVOESTE. Professora de Ensino Superior da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul/UEMS.

Motivos para você escolher a NOVOESTE

Estude na Líder em Pós-graduação! Confira as vantagens do Curso Presencial NOVOESTE:

  • Metodologia de Alto Nível e Portal do Estudante com materiais das aulas
  • Professores de referência local e nacional
  • Infraestrutura inovadora para o melhor rendimento, no centro de Campo Grande
  • Aulas práticas, viagens e visitas técnicas, consulte seu curso
  • Ampla rede de estágio supervisionado, consulte seu curso

Matricule-se Agora

Considerando as transformações sociais e, a busca pela performance plena dos estudantes, incluindo o desenvolvimento dos mesmos em suas habilidades cognitivas, sociais e emocionais, a Faculdade NOVOESTE, proporciona uma metodologia onde o percurso de aprendizagem de cada estudante é marcado por um espaço privilegiado para a troca de ideias, em que as situações práticas são vivenciadas e, retroalimentadas pelas teorias que estão sendo estudadas no decorrer da Pós-Graduação.

Neste processo, o pós-graduando torna-se protagonista de sua aprendizagem e, exerce um papel ativo e atuante na sua trajetória de estudos. Para tanto, os docentes da Faculdade NOVOESTE, planejam as disciplinas de cada curso de modo a oportunizar aos estudantes a leitura e estudo prévio de diferentes materiais para o momento das aulas, possibilitando assim que os alunos criem o hábito do autoestudo e possam desenvolver sua autonomia intelectual.

Por meio dessa metodologia de ensino, possibilitamos que o estudante da Faculdade NOVOESTE seja ativo e atuante, e não apenas ouvinte do docente no momento das aulas. Neste contexto, a aprendizagem se efetiva de forma colaborativa e construtiva entre todos os envolvidos no processo de ensino e aprendizagem.

Matricule-se Agora

A Faculdade NOVOESTE é uma Instituição Credenciada ao Ministério da Educação, sob a Portaria nº 1.063, em 05 de Setembro de 2017. Clique aqui para abrir no E-MEC.

Será considerado aprovado o estudante que obtiver em cada disciplina do curso nota superior ou igual a 7 (sete) e a frequência mínima em cada disciplina de 75% (setenta e cinco por cento).

A Faculdade NOVOESTE expedirá, ao final do curso, certificado de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de especialização, aos estudantes que concluírem a todos os critérios de aprovação estabelecidos no regulamento do curso.

Matricule-se Agora
shapes

Depoimentos

Confira os depoimentos de quem já estudou conosco


Pós-graduação em Auditoria, Gestão da Qualidade, Gerenciamento de Riscos e Compliance em Saúde

Tire suas dúvidas

Sim! A Faculdade NOVOESTE é uma Instituição Credenciada pelo Ministério da Educação na modalidade presencial, sob a Portaria nº 1.063, em 05 de Setembro de 2017 e credenciada para a modalidade a distância, sob a Portaria nº 1.986, em 11 de Novembro de 2019 com nota 4. Clique aqui para abrir no E-MEC.

As aulas dos cursos de Pós-graduação Lato Sensu, na modalidade presencial, serão ministradas na sede da instituição no endereço, rua Rui Barbosa, 1792, Centro, Campo Grande, MS, com exceção de turmas específicas realizadas em outras cidades, quando descritas acima. Veja como chegar na faculdade clicando aqui.

O cronograma de aulas é disponibilizado anualmente, após a data de início do curso, por meio do Portal do Estudante.

O login e senha para acesso ao Portal do Estudante serão informados no momento da finalização da matrícula. Caso não lembre sua senha, ela se encontra no contrato de prestação de serviços assinado digitalmente. Caso não lembre seu login, envie um WhatsApp para 67 99172-2581, informando seu nome completo e turma.

Todo material (apresentação do docente em PDF, textos complementares, tabelas etc.) é disponibilizado no Portal do Estudante antes do início da aula presencial, para que você possa estudá-lo antes das aulas. O material didático disponibilizado varia de acordo com o docente que irá ministrar a aula. Há docentes que indicam livros, artigos, filmes e outros conteúdos que estão disponíveis na internet.

Será considerado aprovado o estudante que obtiver em cada disciplina do curso nota superior ou igual a 7 (sete) e a frequência de 100% em cada disciplina (cem por cento). Os cursos de pós-graduação presenciais da Faculdade NOVOESTE exigem de você 100% de presença nas aulas, isso é um compromisso de qualidade com você nosso estudante, para tanto, organize sua agenda! A Faculdade NOVOESTE expedirá, ao final do curso, certificado de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de especialização, aos estudantes que concluírem todos os critérios de aprovação estabelecidos no regulamento do curso.

Não realizamos análise ou aproveitamento de disciplinas de cursos de especialização realizados em outras Instituições. Caso você tenha concluído sua especialização na Faculdade NOVOESTE, poderá solicitar análise curricular para fins de aproveitamento pedagógico e financeiro.

A disponibilização do atestado de matrícula/ declaração de cursando é concedida a você por meio da solicitação via Portal do Estudante – na opção “Serviços solicitados”. Para que a mesma seja emitida, você deve ter encaminhado os seguintes documentos: RG, CPF, diploma de graduação ou certidão de conclusão de curso superior atualizada e o contrato de prestação de serviços educacionais assinado, estando-os deferidos no processo final de sua matrícula.

Cada docente possui o que chamamos de “autonomia de cátedra” na Faculdade NOVOESTE, ou seja, ninguém melhor do que o docente da disciplina (módulo), para escolher o melhor método e técnica de avaliação, por isso, a participação, estudos de casos, mesas redondas, seminários, checagens de aprendizagem, por meio de formulários, produção textual, de resumos, resenhas, mapas mentais e etc, são instrumentos avaliativos possíveis de serem aplicados. Importante ressaltar que todo o processo avaliativo acontece no decorrer das aulas, não havendo demandas para “casa”. Para aprovação nas disciplinas (módulos) você precisará obter nota igual ou maior que 7,0. Sem se esquecer de estar presente em todos os encontros, ou seja, 100% de presença.

O histórico de conclusão é enviado gratuitamente a você no final do curso (no verso do certificado). Caso você deseje o histórico parcial durante o curso, poderá consultá-lo por meio do Portal do Estudante. 

O prazo para expedição do certificado de conclusão de curso é de até 180 dias após o término do curso, e você será comunicado pelo nosso time de secretaria de que o seu certificado está em condições de ser retirado na Faculdade, para cursos na modalidade presencial. O certificado é entregue com capa e papel especial timbrado. Caso necessite da 2ª via do Certificado, será cobrado uma taxa única de R$330,00 (trezentos e trinta reais), mais o serviço postal, se necessário. Para retirada do certificado, o concluinte deverá portar um documento com foto. Outra pessoa só poderá retirar o certificado mediante procuração específica para esse fim, assinada digitalmente, com certificado digital, e/ou autenticada em cartório.


A solicitação de cancelamento do curso deverá ser realizada por meio de protocolo de atendimento, para isso você deverá acessar o Portal do Estudante e realizar o pedido em “Solicitação de Serviços” - “Solicitação de Cancelamento de Curso”. Após solicitação, envie o n° do Protocolo para o número (67) 99849-5273 no setor de atendimento. O protocolo será respondido em até 10 dias úteis e será feito um contato via telefone para confirmar a solicitação.


Toda a documentação deve ser encaminhada ao consultor(a) logo após o pagamento da Taxa de Matrícula do curso.

Documentos necessários para curso de Pós-graduação:
• 1 Cópia do “Diploma de Graduação” ou “Declaração de Conclusão de Curso”, com data de colação de grau realizada.
• 1 Cópia do CPF.
• 1 Cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento.
• 1 Cópia do Histórico de Conclusão da graduação.
• 1 Cópia do Comprovante de Residência.
• 1 Cópia da Carteira de Identidade – RG ou CNH.
• 1 Contrato de Prestação de Serviços Educacionais Assinado.


Os documentos pessoais: CPF, RG, certidão de nascimento/casamento e comprovante de residência, serão deferidos após análise da secretaria acadêmica. A configuração da Matrícula está vinculada à conclusão efetiva do procedimento e entrega de todos os documentos.

A partir da resolução CNE/CES nº 01 de 06/04/2018, o MEC tornou o TCC não obrigatório. Na metodologia da nossa instituição ele não é obrigatório, isso permite que criemos cursos mais dinâmicos, com cunho inovador para os mais diversos cenários profissionais, com atividades focadas na resolução dos novos desafios da sociedade.


Outros Cursos

Veja outras opções de cursos

Yoga

Yoga

Duração: 10 meses Início: Imediato
Acupuntura

Acupuntura

Duração: 25 meses Início: Imediato
Produção e Reprodução de Bovinos

Produção e Reprodução de Bovinos

Duração: 18 meses Início: 23 de Março de 2024

Inscreva-se em nossa Newsletter

Redes Sociais

Clique para Ligar
Fale por WhatsApp